sexta-feira, 18 de março de 2016

Música clássica não é apenas Beethoven e Mozart


Para aqueles que não sabem, em meados de 1675 e 1900, a música clássica era tão popularmente conhecida como o bendito:


“As vingadoras vão no tra, tra ,tra...”



Só que com muito mais qualidade.


Nesse período, quem escutava música clássica, era conhecido (a) como alguém que estava antenado no tempo. Já que eram as únicas músicas que era tocada nos bailes







Além é claro, que a mulher tinha como obrigação, ser prendada em piano ou algum instrumento erudito. 






Com o passar do tempo, outros gêneros foram surgindo, fazendo com que a música clássica fosse apenas escutada, na população da classe média.  Hoje em dia, as pessoas ainda escutam músicas clássicas, e posso dizer que estou incluída nessa lista. Pois sou simplesmente APAIXONADA POR MÚSICAS CLÁSSICAS.  
 Porém, quando vou dizer isso para uma pessoa, ela pergunta com uma enorme careta:

- “Sério mesmo que você gosta de música clássica?” “Como você consegue escutar aquilo, dá sono?” “Afff Beethoven e Mozart, são chatos que só”.

E por ai vai...



Mas quando escuto alguém que diz que gosta, sempre comenta sobre o Beethoven e Mozart, ou acha que é tudo a mesma coisa. O que me faz pensar que músicas clássicas, não são apenas eles dois (só para deixar claro, gosto demais de Beethoven e Mozart), mas a uma enorme diversidade de músicos nesse gênero.  

Vamos conhecer um pouco?


                               1-   César Franck


Eu conheci as composições de César através de um livro. O autor falava tanto, que fiquei curiosa e fui pesquisar... Desde então sempre quando posso, escuto-o.  Franck cumpriu a missão histórica de renovar a cultura musical francesa. Foi como se quisesse provar a própria grandeza de compositor, já que depois de Beethoven e Schubert - e até Bartók - nenhum outro quarteto mais importante apareceu.
 Essas são as composições que mais gosto: Violin Sonata in A Major




2- Claude Debussy

Sempre que escuto Debussy, é fácil saber quais são as suas músicas.  As artes se renovavam para inaugurar o novo século. Neste contexto, Debussy criou sua própria linguagem musical: um sistema original de harmonia e de estrutura musicais inspirados nos pintores impressionistas e nos poetas simbolistas.

As suas composições mais conhecidas são: "Clair deLune" (1890-1905), "Prélude à l'aprés-midi d'un faune" (1894), e "La Mer" (1905).


3- Erik Saltie

Quem disse que música clássica, sempre tem que ser com a mesma melodia? 
Excêntrico sem par, solitário que não aderiu a qualquer grupo, humorista sarcástico, Satie estendeu esse espírito à própria arte, dando títulos extravagantes às suas obras e enchendo as notações musicais de comentários absurdos.A parte mais característica da obra de Satie é a música para piano. As suas composições parecem que foram feita para divertir, nos tempos dos bailes.

Das suas músicas que eu mais gosto, sem dúvida é : Je te veux Gnossienne 7 e Allons-y, Chochotte .






        5- Frédéric Chopin


Geralmente as músicas de Chopin, trás uma melancolia sem fim. São doces e parecer tocar até o fundo do coração.  Falar em Chopin é falar em piano. A maioria esmagadora de suas obras são para esse instrumento, e mesmo suas obras orquestrais o incluem.

A música de Chopin é intensamente pessoal, pela grande força espiritual, pela extrema sensibilidade, pelo amor à sua Pátria. Foi mestre nas formas musicais breves.







5-Bach


Acredito Johann Sebastian Bach, para a música clássica faz parte da tríade dos maiores músicos eruditos ao lado de Beethoven e Mozart.  Em suas inumeráveis obras (cantatas, prelúdios, oratórios, missas e fugas) está presente uma criatividade riquíssima. A harmonia e a inspiração deste gênio da música são características valorizadas até os dias de hoje.  

Tenho uma lista enorme de músicas favoritas, geralmente encontro várias músicas em um vídeo só, esse é o que mais escuto : On the G string .





Esses foram apenas cinco grandes perolas, da música clássica, mas que tem muito mais. Se eu tivesse como, passaria o dia todo falando deles. Falaria sobre Joseph Haydn, Franz Schubet, Gabriel Fauré e entre muitos outros. Mas digo, não escuto apenas música clássica, sou bem eclética, a lista seria enorme. Mas quem sabe em outra postagem né?

Espero que tenham gostado. E obrigada por sua presença aqui no blog.

Abraçosss!!!

  







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oiii... obrigada pela sua visita ^^
Espero que tenham gostado do blog :D
Caso encontrou algum erro ortográfico avise que vai ser corrigido.
Volte mais vezes *_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...