segunda-feira, 16 de março de 2015

Tudo termina em livros




Não sei o que anda acontecendo comigo, mas de um tempo para cá ando tendo “memórias de uma gueixa”, isso porque acho que ando apaixonada por um “doce vampiro” pensei que essa “paixão “só estava “crescendo”” ,mas estava totalmente enganada porque isso já está sendo uma “tormenta” para mim.
 Não sei como as pessoas conseguem viver com isso, pensei que é porque elas só querem que seja “o preço de uma lição”. Pensei que deveria expressar meus sentimentos sobre isso, mas “não sou esse tipo de garota” até entendo que tenho muito “orgulho e preconceito” para mostrar os meus sentimentos para qualquer pessoa.
Decidir então escrever. Já era “crepúsculo” quando tive essa decisão, durou um “eclipse” para sair tudo que estava  preso no meu coração que ardia “em chamas”. Quando terminei já era “amanhecer”. “Não conte para ninguém” mas quando terminei de escrever queria ser “beijada por um anjo”, não é a primeira vez que isso acontece, “depois dos quinze” esses desejos só ficam mais forte, é como se eu estivesse  em “um mundo brilhante”  que quando olho “através do espelho” vejo que “a menina que não sabia ler” e não tinha conhecimento do que era amor, ficou para trás, hoje é “ a mulher de 30 anos” que tem desejos que muitos não tem conhecimentos.
Procuro ajuda  em  todos os lugares que possa me ajudar a esconder “as observações’ que faço o tempo todo. Olho para o céu e procuro uma solução para acabar com esses pensamentos  penso que “a culpa é das estrelas”  porque esperava uma ajuda e a única coisa que elas fazem é me mostrar “ a esperança” que o meu “pequeno príncipe” vai aparecer e o “sorriso distante” que tanto sentia falta vai aparecer em qualquer momento e “ a fera” que não deixava eu dormi vai agora ficar em “silêncio” .
Sei que essas coisas não são tão fáceis de acontecer, já que estou participando de “jogos vorazes” com os meus próprios sentimentos  a qual eu sou o “jogador nº 1”  em uma luta que não sei quem vai ganhar se é a razão ou os sentimentos. Tem “as vantagens de ser invisível” . Porque ninguém sabe que essas coisas andam acontecendo.
Então a única opção é fingir que nada dessas coisas está acontecendo e que tudo isso que expressei é apenas “o amor para recordar” nas horas que não tiver nada para fazer. “ O extraordinário” é saber que mesmo eu  querendo “tudo ao mesmo tempo agora”  ainda tem muita coisa para acontecer e para ser escrita.


Sara Miranda. 


Essa é a minha história com os títulos dos livros que mais gostei de ler e como é a sua? 

11 comentários:

  1. Sempre quis te dizer que "não sou esse tipo de garota", mas calo-me e escrevo tais angústias em "meu querido diario otario". Posso ser quem quiseres para estar ao teu lado, serás meu "Romeu e Julieta" sua serei. Poderia apenas ser meu "Doce vampiro", um pouco seu me basta.
    Lembro-me de nossos momentos, são tantos, meu bem. Faço "a seleção" dos bons e livro-me dos ruins e estes, apesar de serem muitos, me fazem perceber que "a escolha" da minha vida continua sendo, e sempre será, você. Por você, meu amado, enfrentaria todas as batalhas de "Percy Jackson e os olimpianos" novamente, jogaria o "Jogo de Ripper" e por ti ainda continuo a viver nessa "Cidade dos Ossos". Você se tornou "A Elite" do meu coração, por mais que eu ainda seja a triste plebeia do seu.
    Passo noites em claro vagando nessas "cidades de papel". Talvez eu seja "sensitiva" demais, como você mesmo me diz. Tento enganar-me repetindo em silêncio que "a culpa é das estrelas", mas para mim só se torna mais obvio que a culpa é desse coração de vidro que ora corta, ora sangra. Contudo, resolveria mil "teorema's' katherine" para finalmente descobrir: "quem é você, alasca?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ual Lê amei...ficou muito bom. Parabéns!

      Excluir
    2. "Amanhã você vai entender" que "O Rei Demônio" não era tão mal e que “A culpa" não é somente "das estrelas". Às vezes perdemos os "Jogos Vorazes" que fazem parte da nossa vida, pois não algum dos "Heróis do Olimpo". Somos apenas pessoas normais, efeitos colaterais do "Teorema Katherine", criados para viver que nem "Capitães da Areia" prontos para quebrar o "Enigma do Princípe" e ultrapassar a "Fortaleza Digital".
      "Em Chamas" estamos, tentando aprender a usar as "Relíquias da Morte" para vencer "A Batalha do Labirinto" para sair da "Casa de Hades". Não nos escondemos na "Câmara Secreta", porque lá é muito perigoso para um "Divergente". Não podemos esperar o "Último Olimpiano". Nosso sangue ferve, pois somos aprendizes da "Ordem da Fênix" e fizemos juramento às "Confissões de Virgínia".
      Em fim, somos apenas leitores deitados no "Asfalto", sonhando com as peripécias de nossos outros eus enquanto temos "Diálogos Impossíveis". Só nos resta "A Esperança".
      Faça parte da nossa realidade fantasiosa e talvez amanhã você irá entender.

      Excluir
    3. Ficou muito bom Rafa,sério mesmo. Parabéns!!!

      Excluir
  2. Eu estava a procura de " um porto seguro" que cuidasse de mim, que fosse " o guardião" dos meus sentimentos, que apesar das " noites de tormenta"  eu fosse " a escolha" e ele "  o melhor de mim", mas nada é perfeito e assim como amor " a primeira vista" tudo acabou em questão de tempo.
    Voçe foi " um homem de sorte" tudo que estava ao meu alcance eu te dei, seja " o casamento" dos sonhos ou " o milagre" da pequena vida que nasce em mim.
    Espero que esse desabafo nomeado por mim de " diário de uma paixão" seja o ponto final de um relacionamento que ja tivemos, seja " a última musica" tocada na nossa vida conjugal, seja " um amor pra recordar" de um jovem casal.
    " Querido John" escrevo nessa simples carta o sentimento que tenho por ti e em parágrafos " as palavras que nunca te direi" 
    " Ps: eu te amo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicholas Sparks sendo apresentado na melhor forma, ficou incrível Bê, parabéns!!!

      Excluir
    2. Obs: Romance dramático de Romances dramáticos...

      Excluir
  3. "Um dia" estava "Á procura da felicidade" e encontrei, dizem que quando é para encontrar a felicidade "Simplesmente acontece",é repentino.
    Mesmo assim estava entre "Anjos e demônios" e assim como "A cabana" é fechada meu coração estava igual.Eu estava entre "Guerra e paz" acho que meu "Orgulho e preconceito me atrapalharam,mas ainda assim estava entre "Um conto de duas cidades" queria ser "Beijada por um anjo",eu estava dividida,era como se eu estivesse entre "12 anos de escravidão" e estar livre.
    Estava sofrendo "A metamorfose" ,é como se eu estivesse na "Rua das ilusões perdidas" e ouvido "O chamado do cuco" me dizendo que já era a hora de voltar.Era um "Admirável mundo novo" sofri "Cem anos de solidão" e mais cem de companhia.É como se eu estive em um "Mundo paralelo" e no final estava apenas procurando "Um porto seguro" para te dizer "p.s eu te amo".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou super legal Andressa...Parabéns!!!!

      Excluir
  4. Estou aprontando o meu texto,aguarde Sara!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estarei aguardando ansiosa pelo que vem por aí...

      Excluir

Oiii... obrigada pela sua visita ^^
Espero que tenham gostado do blog :D
Caso encontrou algum erro ortográfico avise que vai ser corrigido.
Volte mais vezes *_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...